Por Cuca
21 maio, 2015

Aprenda a harmonizar queijos e vinhos corretamente

queijo e vinho harmonização 2
A velha história do queijo e vinho sempre funciona, não é mesmo?
É uma combinação que não tem erro e agrada quase todo mundo. No inverno sempre rola esse tipo de “evento” na nossa casa ou na dos nossos amigos.
Mas que tal aprender a  harmonizar os queijos e vinhos corretamente?
Venha ver as dicas para arrasar!
Se tivesse que resumir bem resumido, seria essa a melhor definição que encontrei: queijos de casca dura combinam com vinhos tintos, queijos frescos com os brancos e quanto mais cremoso o queijo, mais acidez o vinho deve ter.
Mas o universo de queijos e vinhos é enorme, por isso podemos e devemos ir um pouco além. Por que não? Os sabores dos queijos e vinhos, podem ser intensificados e melhor apreciados com a harmonização correta.

A primeira foto é mais “simples” e dá exemplos mais práticos e fáceis. E foi dela que partiu minha vontade de fazer essa pesquisa.
harmonização queijo e vinho
Esse segundo gráfico é mais elaborado. Tanto a foto quanto parte das explicações, tirei de um site americano especializado no assunto (chama matchmywine).
queijo e vinho harmonização 3

Algumas dicas legais que encontrei no site e em em outros especializados no assunto:

– Queijos jovens, suaves e leitosos (por exemplo o queijo de cabra fresco), combinam mais com vinhos leves, frutados e delicados (tipo o Sauvignon Blanc)
– Normalmente queijos mais durinhos combinam com vinho tinto e queijos mais molinhos com vinho branco.
– Quanto mais “forte o cheiro” do queijo, mais doce deve ser o vinho. Um exemplo: brie assado combina muito com champagne.
– Queijos firmes e com sabores fortes combinam melhor com vinhos tintos jovens e encorpados, como o
Cabernet ou Bordeaux.
-Blue cheeses como o Roquefort ou Stilton (um queijo inglês) funcionam melhor com vinhos do Porto. O sabor salgado do queijo, harmoniza bem com a doçura do vinho do Porto.
– Uma boa dica é escolher vinhos e queijos produzidos na mesma região. Um vinho francês e um queijo de mesma origem ou região, por exemplo.
-A mozzarella (que pra gente é muçarela de búfala) e o Zinfandel (vinho californiano) são uma ótima combinação. Esse tipo de vinho faz a muçarela ter um gostinho ainda melhor.
– Queijos mais “ácidos” combinam com Sauvignon Blanc. A acidez do queijo de cabra casa perfeitamente a acidez da maioria dos Sauvignon Blancs.
Vai servir uma variedade grande de queijos? Escolha vinhos brancos mais doces e frutados. Eles funcionam melhor com a maior parte dos queijos.
– Queijos mais duros e geralmente usados como complementos em refeições, podem ser consumidos com vinhos do tipo Pinot gris ou Pinot grigio. Bons exemplos são o parmesão e o Grana padano.
– Os queijos que mais costumam agradar são os suíços: emmental, gruyère, maasdame, fol epi e gouda. Os vinhos mais indicados são os brancos doces, como os chardonnays. Mas é possível servir também com pinot noir ou vinhos da região da Borgonha, sejam tintos ou brancos.
– Para harmonizar com o fondue, diferente do que muitos pensam, os mais indicados são os vinhos brancos ácidos.  Os suíços, gregos, austríacos ou os feitos com a uva sauvignon blanc da Nova Zelândia são as melhores opções.
– Se você for servir um único vinho, o melhor é escolher um que não seja muito maduro nem muito suave. Dessa forma, fica mais fácil casar o sabor com a variedade de vinhos.

Para acompanhar:
Uma boa dica é servir maça, uvas ou damasco. Além de combinarem super bem, ajudam a limpar o paladar para novos sabores!
Eu ainda coloco cereja (quando é época) e nuts na mesa.
O pãozinho ou torradinha, é o acompanhamento mais comum. No meu caso, ambos sem glúten. 🙂
Sempre posto dicas de tábuas lindas, no meu Instagram: @cuca_martins

E ai? Gostaram?
Eu sempre aprendo bastante também durante minhas pesquisas para levar informações para vocês! No próximo queijo e vinho que eu fizer vou arrasar. Quero ver todo mundo arrasando também, hein?

Aqui no site tem várias dicas de entradinhas e pratos maravilhosos para acompanhar um bom vinho!
Vou fazer um post sobre os vinhos que harmonizam com tipos de prato. O que acham? Tenho alguns amigos que são sommeliers e vou pedir uma ajudinha.

Curiosidade: Além de jornalismo, sou formada em administração hoteleira. Na faculdade tive aula de enologia, gastronomia, bar e etc. E fiz estágio em um hotel 5 estrelas de São Paulo (Emiliano), sabiam?
Pena que nas minhas aulas de enologia eu mais bebia, do que prestava atenção. Ahhh a juventude! Se arrependimento matasse… tava dura e esturricada no chão! hahah

Para me seguir no Instagram: @cuca_martins

Assuntos Relacionados

Faça um Comentario no Facebook deste assunto

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *