Por Cuca
22 fevereiro, 2015

Punta del Leste/ La Barra / José Ignacio

capa punta barra josé “Punta del Este” é sinônimo de comida boa, lugares charmosos e diversão para todas as idades.
Como há uma grande quantidade de hotéis para se hospedar, em lugares com perfil completamente diferente, vou tentar explicar um pouquinho para facilitar a escolha e a programação.
Punta del Este, La Barra, José Ignácio, Punta Ballena, Maldonado… você não tem ideia do que é? Vem descobrir, que será importante!
Como chegar e o clima da região, são outros detalhes que vou contar!
Já te adianto: não é à toa que a bandeira do Uruguai é azul com um sol! O céu é incrível!
Clica aqui e vem comigo!
estrada punta del este 4

Como chegar em Punta del Este?
Tem duas opções: descer no aeroporto de Punta del Este ou no de Montevidéu.
É muito melhor chegar direto em Punta, mas são poucas companhias aéreas que fazem (acho que TAM e Arolineas Argentinas) e normalmente só disponibilizam na temporada de novembro à janeiro ou voos fretados.
Descer em Montevidéu é uma opção bem tranquila. São apenas 120 km e a estrada é maravilhosa.
Você pode alugar um carro e pegar no aeroporto. Ai você já sai de lá e cai na estrada. Que por sinal, é coisa de primeiro mundo! Outra opção é pegar um ônibus no aeroporto que te leve para Punta.
estrada uruguai 3
estrada uruguai 2
Não esqueça de ter alguns pesos uruguaios com você, já que tem pedágio, viu?
estada uruguai 1

Onde ficar? Punta Ballena/Punta del Este/ La Barra/ José Ignacio
O título é Punta del Este, mas nunca me hospedo exatamente em Punta. Costumo ficar em La Barra, que é o município vizinho e na minha opinião, mais bem localizado e descolado.
Vou colocar esse pequeno mapinha para poderem entender um pouquinho a região e os endereços. E vou colocar os prós e contras de cada um.
mapa punta 1
Distâncias:
Punta del Este – La Barra – 15 km
Punta del Este – Punta Ballena – 15 km
La Barra – José Ignacio – 18 km

Punta Ballena
Vindo do aeroporto  de Montevidéu para Punta, é o primeiro município que você vai passar. É um penhasco lindo, com belas casas e alguns poucos hotéis.
Tem o pôr do sol mais lindo da região.
É aqui que fica a famosa Casapueblo, passeio imperdível. Além de ser lindo, o lugar tem uma história super interessante. Contruída pelo artista plástico uruguaio Carlos Paéz Vilaró (que faleceu ano passado). O lugar era a casa, o atelier dele e um pedaço é um hotel.
Mas é superrrr fora de mão se hospedar por aqui. A não ser que você queira ficar apenas no seu hotel, ou no máximo fazer algo em Punta.
Se a ideia for badalar pelos restaurantes e beach clubs de La Barra e José Ignacio, esqueça!
projeto mestre cuca punta ballena CASAPUEBLO CAPA

Punta del Este
É o destino mais antigo. A cidade é bem maior, cheia de prédios, shoppings, comércio e muitaaa gente pelas ruas. Lembra uma cidade com praia, tipo Santos.
O perfil é mais família com crianças e/ou adolescentes.
Tem vários hotéis grandes, inclusive o tradicional Conrad. Mas como tem muitos prédios, uma grande quantidade de famílias optam por alugar apartamentos. A comunidade judaica e a libanesa (do Brasil), adoram essa área.
Me hospedei apenas uma vez em um hotel na Playa Brava, mas Punta definitivamente não é nadica meu perfil, pois sempre vou com turma de amigos ou em casal para aproveitar restaurantes e etc. Tudo que gosto de fazer está da Barra para frente.
Mas quem vai com filhos, família grande e/ou gosta desse clima mais cidade, Punta é uma boa opção!
conrad punta del este
Como Punta del Este é bem grandinha, tem várias praias, dê uma olhada no mapinha. A Playa Brava está mais perto de La Barra e é a praia que tem boas ondas para surfistas. A Playa Mansa é mais perto de Punta Ballena, é uma praia de rio com águas mais calmas.
mapa punta del este 2

Punta e La Barra estão separadas por essa ponte. Ela é bem famosa por suas ondulações. São 3 “ondas” nas pontes e dá aquele friozinho na barriga quando a gente passa por ela. Chama Ponte Leonel Vieira e foi construída em 1965.

ponte punta la barra

La Barra
A primeira vez que fui para Punta foi há uns 13 anos. Me hospedei em uma casa em La Barra. As outras vezes fiquei em hotéis.
A Barra é descolada! Lugar de quem procura mais badalação, mas gosta de natureza também!
Não tem prédios, são apenas casas enormes e pequenos hotéis espalhados. Ao longo da avenida principal ficam restaurantes e lojas super bacanas.
Bikini Beach – é o lugar mais bacana para pegar praia (pessoal jovem e bonito).
Para quem gosta de sair, é por aqui que fica a melhor balada, o Tequila.
Ficar nesse pedaço acho muito bom. Você fica próximo a Punta, caso queira fazer algo por lá. Fica próximo a José Ignacio para frequentar os restaurantes e lugares que desejar. E ainda tem o centrinho bem gostosinho.
Ao lado da avenida principal de La Barra, tem uma ciclofaixa enorme e dá pra fazer passeios bem gostoso de bicicleta. Eu adoro e no hotel que me hospedei tinha bike para os hóspedes. 🙂
Durante a temporada de verão (de dezembro a janeiro), fica bemmmm cheio por aqui!!! No carnaval já é bem mais tranquilo.

bikini beach capa
la barra 1
bike punta del este

José Ignacio
A primeira vez que fui para “Punta” (que na verdade era La Barra), José Ignacio era considerado um lugar mais afastado e não era uma opção para se hospedar.
A gente ia até o Huella almoçar, tinha um bar famoso em um penhasco para ver o pôr do sol e um ou outro restaurante.
Dessa vez fiquei surpresa. Atualmente os melhores restaurantes da região estão em José Ignacio. No post sobre restaurantes vocês vão ver!
Essa região é mais tranquila, não tem muita muvuca nem no verão. Se a intenção é sossego, praia e comer bem… é uma ótima opção de hospedagem. Mas também é aquele tipo de lugar para ficar por ali mesmo.
Muitos hotéis e pousadinhas novas estão pipocando sem parar.
A praia é extensa, areia fofa e bem tranquila. Em José Ignacio tem um farol, que é um ponto turístico bem conhecido. Ótimo lugar para o por do sol!

José ignácio capa

Maldonado
Não vou escrever nada sobre essa região, pois realmente não conheço e nem frequento. O Fasano Las Piedras fica lá. O que sei é que é fora de mão, como opção de hospedagem. Por exemlo, quem se hospeda no Fasano, é para ficar dentro do hotel mesmo…o que não é nada mal, pois é lindo!

Acho que deu para entender um pouquinho melhor a região, não?
Entre as centenas de opções de hotéis, esse pequeno guia irá facilitar a encontrar o lugar que tem mais a ver com o seu perfil!

Clima
Para quem não sabe, essa é uma região fria. É tipo um Campos do Jordão com praia, para entender.
De dezembro a fevereiro, o sol é bem forte durante o dia e no final da tarde começa a ventar. Dá para torrar o corpinho e a temperatura gira em torno de uns 29 graus. A noite é mais friozinho e uma pashimina ou manga resolvem, não há necessidade de casaco.
Fora dessas datas o clima é bem frio e muitas coisas ficam fechadas!
Ahhh o mar é meio gelado o ano todo. Precisa de um pouquinho de coragem para entrar! hahah

Temporada
A alta temporada vai de 25 de dezembro a 31 de janeiro. Quem estiver a fim de pegar tudo aberto, funcionando e movimentado, o ideal é esse período.
Até o carnaval ainda tem bastante coisa funcionando, mas já é bem mais tranquilo e alguns restaurantes, lojas e baladas já estão fechados.
Depois do carnaval até dezembro, a maior parte dos lugares (principalmente restaurantes de La Barra e José Ignacio) fecham as portas literalmente! Pode parecer estranho por ser uma região super turística, mas muitos lugares ficam abertos apenas pouco mais de 1 mês por ano!

– Essa semana publico todas as dicas e resenhas dos melhores restaurantes
– Me hospedei em um hotel boutique super fofo. Quem quiser ver, clica aqui!
– Vou fazer um post exclusivo sobre a Casapueblo

Para me seguir no Instagram: @projetomestrecuca
Curta nossa página no Facebook e acompanhe as postagens: Projeto Mestre Cuca

Assuntos Relacionados

Faça um Comentario no Facebook deste assunto

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *