Por Cuca
11 junho, 2015

TOP 5 – Os 5 melhores restaurantes de Salvador

top 5 melhores restaurantes de salvador
Eu sou apaixonada pelo Nordeste em geral e a comida de cada região.
Vou muito para a Bahia: um pouco à Salvador e muito para Trancoso. Mas minha ligação com a capital soteropolitana é mais profunda. Foi lá, em um carnaval, que conheci meu marido. É minha gente, meu casamento é amor de carnaval!
Mas foi pra falar de restaurante que a gente veio aqui, não foi meu rei?
Vou colocar aqui a lista dos meus preferidos e os de muita gente. Esses cinco restaurantes, não tem quem não goste!
Adaptando Dorival Caymmi:” Quem não gosta desses restaurantes, bom sujeito não é. Ou é ruim da cabeça ou doente do pé.”
E quem acha que em Salvador só tem comida baiana e ambiente despojado, muito se engana. Os restaurantes são muito mais sofisticados em termos de ambiente e cardápio, que diversas capitais do Brasil. E ainda maravilhosas barraquinhas de acarajé e tapioca pelas ruas!


– Amado
Considerado por muitos o melhor da cidade. É mais um dos meus restaurantes preferidos em Salvador.
O ambiente é lindo com uma pegada mais sofisticada. Recomendo sentar na parte externa, praticamente “dentro do mar”. Fica na Marina e tem uma vista linda, final de tarde por ali é um espetáculo!
O menu é super extenso, daqueles que você não sabe para onde vai. Pratos bem interessantes. Uma mistura de comida internacional com sotaque baiano.
Melhores pedidas: torre de carne seca defumada com purê de aipim e chips de banana da terra (entrada) + robalo grelhado com risotto de camarão, aspargos e azeite trufado (principal) + pavlova de morango (sobremesa).
Vale muito a pena conhecer esse restaurante. Almoço ou jantar. Agora prepare o bolso, pois os pratos são mais carinhos. Nada absurdo comparado a SP principalmente.

– Lafayette
Esse é um dos restaurantes que mais amo em Salvador: LAFAYETTE! Venho há muitos anos e é sempre delicioso.
Também fica na Marina, bem ao lado do japonês SOHO. Ambiente super charmoso, em frente ao mar e com algumas árvores. Sentar na parte de fora, embaixo das árvores, é o céu com barulho do mar!
O cardápio é bem variado e todos os pratos são muito bem servidos e bem executados! Fica difícil indicar apenas um. Mas dessa vez, deixo a dica da sobremesa: panna cotta com calda de jabuticada. Comeria todos os dias da minha vida!!!
Ahh e o chef sabe o que é glúten e fala quais pratos à gente pode comer! Aleluia irmãos!

– Soho
Eu definiria como um restaurante japonês diferenciado. Ambiente moderno e casual. Vale tanto para um jantar mais sofisticado, quanto para um almoço à vontade. Som bacana e o ponto mais alto: chão de vidro sobre o mar!  Oh yes! Um charme!
Os pratos são muito muito bons. Mas vou destacar o queijinho coalho com melaço de cana e o teppan de filet mignon, que deixou a mesa toda babando. Inclusive, esse é um dos pontos favoráveis: a parte quente é tão boa ou melhor que a fria. Sabe aquele amigo que não gosta de japa? Vai lá e tudo bem!
As sobremesas então… merecem um suspiro ao falar delas! Ahhh. A mesa inteira enlouqueceu com a torta húngara – dizem que parece um bolo com gosto de brigadeiro. Eu fui de torre de merengue com sorvete de frutas vermelhas e óoo, fiquei muito feliz!
Soho é must go na cidade e ponto de encontro dos descolados de todas as idades!
Curiosidade: quem já foi no Camarote Salvador durante o carnaval, é o Soho que faz a parte de comida japa, sabe?

– Iemanjá
Quer comer a melhor muqueca da cidade? Se jogue no Iemanjá!
É  um restaurante super tipico: todo branco e azul, os funcionários com roupas típicas, salão enorme e quase sempre muita fila.
Vale cada minutinho, tá? Vá de mini acarajé, moqueca e cocada e seja muito feliz!
Tem gente que acha que é restaurante de turista, eu não acho. Acho que é a melhor muqueca da cidade mesmo!

– Casa de Tereza
O lugar fica em um antigo casarão no Rio Vermelho e é a cara da Bahia de Todos os Santos e todos os encantos! Uma mistura de cores, santos, antiguidades, peças étnicas. .. Comida regional, bem boa. Já ganhou vários prêmios. Os pedidos foram polvo, muqueca de camarão e cocada de forno.
Quem quiser variar um pouco e achar uma alternativa para o tradicional IEMANJA , o Casa de Tereza vai na mesma linha! Acho mais legal o ambiente, mas a melhor moqueca (para mim) continua sendo do restaurante anterior.

 

Essa é minha listinha preferida. Toda vez que visito a cidade tenho que ir em pelo menos 2 dessa lista. Mas vou colocar aqui mais um chorinho. Outros restaurantes tradicionais na cidade e bem recomendados.

Para me seguir no Instagram: @cucamartinss
Curta aqui do lado esquerdo nossa página no Facebook!

Assuntos Relacionados

Faça um Comentario no Facebook deste assunto

Os comentários estão fechados.