Por Cuca
20 maio, 2014

Algarve – Portugal

algarve portugal
Decidi visitar esse lugar incrível, depois de ter visto a foto de uma praia da região (nessas coisas de Facebook que os amigos compartilham) e enlouqueci. Comecei a pesquisar e encasquetei que tinha que conhecer.
Por mais que tenha pesquisado, quase não achei informações coerentes e claras.
Para escolher o lugar para me hospedar foi uma dificuldade também, não conseguíamos identificar a melhor região.
Bom, fui para o Algarve e além de ter achado um dos lugares mais bonitos que já conheci, descobri que é bem maior e mais complexo do que eu imaginava.
Vem conhecer um pouquinho desse paraíso disperso, escondido e que pretendo voltar em breve!
Eu me surpreendi e aposto que você também vai!

Primeiro conselho: escolha uma região como base para explorar o entorno. Se a ideia for ficar poucos dias, foque nessa micro região que escolheu. Se a ideia for ficar pelos menos uns 8 dias, você pode escolher duas bases para explorar as praias ao redor.
Se você imagina encontrar no Algarve a estrutura luxuosa de Saint Tropez ou Grécia, com cadeiras, beds e guarda sóis, beach clubs, badalação, glamour e etc… esqueça! São poucas praias com esse perfil por lá. Os lugares que visitei eram bem mais roots! Me lembram mais Fernando de Noronha, do que um lugar de balada.
O Algarve é aquele lugar para acordar cedo, explorar as praias e paisagens, tomar um vinho e dormir. Ahhh a comida da região é maravilhosa.

PRAIAS QUE CONHECI

– Prainha (Portimão)
prainha algarve

Foi o primeiro lugar que visitamos. Achamos lindoooo e realmente acreditamos que era a praia mais bonita do Algarve, mais ainda tinha muito mais.
Uma praia reservada, com falésias, cavernas, pedras no meio do mar. Dá um look!

Depois fomos almoçar em um restaurante delicioso encrustado nas pedras, que chamava Caniço. Comida muito boa e uma vista maravilhosa da praia.

– Praia do Camilo (Lagos)
praia do camilo algarve

Meu Deus, que lugar lindo!!!
Pra chegar é meio perrengue, principalmente se a pessoa for mais velha ou tiver mobilidade reduzida. Você para o carro na rua e depois tem que descer uma escada enormeeee. A praia fica láaa embaixo. Mas a decida vale muito a pena. A vista é maravilhosa e quando você chega: ahhhh, só um suspiro descreveria.
A cor do mar é estonteante – como quase todas as praias que conheci no Algarve – mas esse pequenino paraíso tem um quê de especial. As rochas ao fundo, o próprio tamanho da praia (pequena)… não sei, mas nos apaixonamos.
Essa praia era frequentada por pessoas mais jovens e tinha bastante estrangeiro também.
Ahhh, não tem nada de estrutura na praia, apenas um quiosque que vende cerveja e batata tipo Ruffles. Então, se quiser leve algo na bolsa ou depois suba para almoçar ou jantar no restaurante que fica no topo da escada.
Tenho algumas fotos que tirei nadando dentro dessa caverna/gruta que aparece na foto, mas não consegui abrir a capa da go pro, quando fizer isso coloco. É demais!

Restaurante do Camilo
Paramos nele depois da praia e foi uma boa pedida. Comida simples e saborosa. O lugar é tranquilo, então rola ir direto da praia com biquini mesmo.

– Praia Donana (Lagos)
cuca martins

Fica bem ao lado da praia do Camilo e é outro lugar do tipo: UAUUUU!
Muito, muito linda também. É necessário descer uma escada, mas nesse caso, bem menor do que da praia anterior.
Talvez até por isso, o público parecia um pouco diferente: mais portugueses, famílias e pessoas mais velhas.
Tinha um restaurante por lá, mas acabamos não comendo na praia.

– Praia do Amado (Sagres)
cuca martins
Se prepare que lá vem mais escada! Tem que descer uma boa quantidade de degraus para poder colocar os pezinhos na areia.
A paisagem bem diferente dos outros lugares que fomos e o público também: galera jovem, a maioria surfista.
Praia plana, mas o mar bem agitado. Ficou nítido que essa era uma praia adequada para a prática do surf. Quem curte o esporte, esse é o local!
Não tinha infraestrutura nenhuma na praia, então carregue sua canga para tomar um sol e se possível alguma coisa pra comer. No topo da escada um trailler vendia uns salgadinhos e bebidas.

– Praia do Martinhal (Sagres)
praia do martinhal sagres

Cheguei lá pela manhã e já tinha algumas famílias e crianças. Me parece que este é o perfil desse local.
Praia plana e extensa. Boa para caminhar e bem tranquila e até vazia.
O mar era bem calmo e transparente.
Muitas pessoas estavam fazendo stand up paddle (sup) – uma prancha que você fica em pé e rema.

HOSPEDAGEM/LUGAR BASE

Lembra que eu disse no começo, que você deve escolher uma cidade como base e explorar o entorno? Então, foi isso que fizemos.
Como também já disse, ficamos meio perdidas na hora de escolher qual seria nossa base no Algarve.
Vou tentar explicar um pouquinho desses lugares e alguns hoteis que havia pesquisado PARA AJUDAR NA SUA ESCOLHA.

– Sagres
Acabamos decidindo nos hospedar em Sagres, sinceramente sem saber muito bem o que encontraríamos.
Lembra um pequeno vilarejo de pescadores e é mais ou menos isso. Tem um porto, o farol, pequenas lojinhas e restaurantinhos. Nada de vida noturna agitada. Lugar bem tranquilo.
PS: Não me hospedaria novamente nessa região e no hotel que escolhi se estivesse procurando mais badalação e um pouco de agito. Talvez com crianças voltasse a me hospedar.
DICA DE HOTEL:
– Memmo Baleeira Hotel
memmo
Sitio Da Baleeira – Sagres 
 Algarve – Portugal
+ (351) 282 624 212
É um hotel design 4 estrelas. Novo, bom café da manhã e bem tranquilo. Tinha muitas famílias jovens, casais jovens e não muitos solteiros.
Uma vista incrível da baia. Restaurante muito bom também.
– Martinhal Beach Resort & Hotel
Hotel 5 estrelas com praia particular e campo de golf
Sagres fica a 328 Km de Lisboa.

 Albufeira
Outro lugar que chegamos a reservar hotel! hahah. Viu como foi fácil?
Um dos locais mais famosos da região. Vários hotéis 5 estrelas, restaurantes e vida noturna um pouco mais agitada. Mas também tem a fama de ter pessoas mais velhas e ser mais lotado.
RESTAURANTE:
Lucky 22 – restaurante cm 1 estrela no Guia Michelin e fica dentro do conceituado hotel 5 estrelas, Vila Joya.
DICA DE HOTEL:
Hotel Quinta do Lago
Faz parte do grupo Leading Hotels of the World
Albufeira fica a 256 Km de Lisboa.

Portimão
Fica no distrito de Faro. Ao lado de Albufeira.
Pensamos em nos hospedar por aqui e até reservamos um hotel, mas desistimos na última hora.
Essa é uma praia com mais infraestrutura: bares, restaurantes, vários hotéis e inclusive algumas baladas.
Passamos pela praia principal um dia (praia do Rocha) e nossa impressão não foi legal. Parecia um Guarujá, lotado no alto verão. Sabe aquele tumulto? Pois é! Mas é maravilhosaaaa.
Mas se pensarmos bem, realmente estávamos lá no alto verão: agosto! Uma amiga foi em maio e pegou praia lá e amou.
Enfim, s quiser mais tranquilidade vá para a prainha que é um paraíso.
DICA DE HOTEL:
Bela Vista Hotel & Spa – Relais & Chateaux
5 estrelas, bem conceituado.
Portimão fica a 277 Km de Lisboa

– Vilamoura
Dizem que é o lugar mais chic da região. Um porto movimentado com vários barcos luxuosos… Aqui também tem um dos 3 restaurantes guia Michelin da região.
Hotéis de luxo são comuns.
DICA DE HOTEL:
Tivoli Marina Vilamoura
5 estrelas que parece bem bacana por lá.
Vilamoura fica a 262 Km de Lisboa

Ps: se eu voltasse para o Algarve, com certeza ficaria em Vilamoura uns dias, para conhecer um pouco do agito da região. A impressão de quando fui, é que não existia muito isso. E parece que sim, tem uma vida noturna badaladinha.

Faro
Faro é a capital do Algarve e a única cidade da região com aeroporto.
Faro está a 277 km de Lisboa.

– Lagos
É uma região que já citei quando mostrei as fotos e tem várias praias lindas. Então pode ser uma ótima alternativa para se hospedar.

COMO CHEGAR

Você pode ir de trem, carro ou avião (avião apenas até Faro)
Fomos de carro de Marbella (Espanha) para Sagres. Na volta fomos de Sagres para Lisboa.
Os lugares são distantes uns dos outros e se pudesse dar um conselho seria: alugue um  carro, de preferência alto. O acesso a algumas praias é por estrada de terra.
O mais importante: com GPS! Os portugueses não sabem dar informações. Nos perdemos algumas vezes entre as praias.
Mesmo assim, ficar a pé me parece a roubada do século nessa região.
A carta brasileira vale por lá ok?

CURIOSIDADE FINAL
No Algarve, vários hotéis tem campos de golf e muitos turistas vão para a região com esse propósito: jogar golf! Se tiver interesse pelo esporte, vale dar uma conferida.

Ufaaaa, por hoje é só e foi tudo que consegui lembrar!

Para me seguir no Instagram: @cuca_martins

Assuntos Relacionados

Faça um Comentario no Facebook deste assunto

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *