Por Cuca
31 maio, 2016

Pós parto: o que você tem feito por você?

pos parto blog cuca martinsCom qual dessas imagens você se identifica???
Eu sinceramente me identifico com um pouquinho de cada! Minha vida pós parto se divide em momentos bagaceira e momentos “vida normal”.
Desde antes da minha filha nascer, combinei comigo mesma que faria algumas coisas para me sentir bem, relaxar, não virar uma baranga total 24 horas por dia e 7 por semana AND o principal: não ficar triste, deprê e nem pirar! hahah
Tem dado certo!
Vem ver o que eu tenho feito e que talvez você possa fazer por você também para dar um up no astral, no visual e não deixar a peteca cair!
Ser mãe de RN não é uma tarefa fácil, mas confesso que tenho achado bem mais tranquilo do que me falavam. Faziam tanto terrorismo, coisas do tipo: “Você NUNCA mais vai dormir!”, “A barriga fica uma coisa horrorosa”, “O bebê grita dia e noite”, “Você nunca mais vai ter paz”… e por ai vai! Coisas super bacanas…só que não, né?
Talvez tenha a ver com o meu perfil (durmo pouco, sou hiperativa e etc) e da minha bebê – que apesar de mamar muito, dorme muito também.
Como optei por não ter babá, cuido dela sozinha.
Tenho uma funcionária maravilhosa que cuida da minha casa e isso me deixa tranquila para poder me dedicar a minha baby. E tem mais, ela ama a Sophia, então se preciso de alguma ajudinha, ela me dá um help (tipo pra poder almoçar, fazer drenagem..).
Meu marido é super parceiro e isso ajuda muito. Mas no final das contas, sou eu e Sophia 24 hs por dia, 7 dias na semana. Meu dia e minhas noites são dela. Amamentar, dormir sempre atenta, choro e etc cansa. Por isso, desde o começo decidi que teria alguns momentos só pra mim.
Sim, eu mereço relaxar, me sentir bonita, ter saúde, me sentir bem AND nada disso interfere no meu prazer de ser mãe full time. Ao contrário, acho que sou uma mãe melhor por fazer isso por mim!
O que eu faço e você também pode fazer?
– Banho

A hora do banho é o meu momento! Tento fazer isso a noite, depois da última mamada, assim ela já está dormindo e eu não preciso me preocupar. Tomo banho com calma, passo creme, seco o cabelo, troco sutiã, pijama AND tiro o cheiro de leite, queijo e regurgitadas do dia! Me sinto outra pessoa!
– Ir ao cabelereiro
Tento ir ao salão fazer unha ou cabelo, a cada 15 dias (nunca fazia isso antes de ter filho) e isso dá um up na auto estima.
Logo que ela nasceu, costumava ir mais – confesso – com o tempo voltei a ser menos vaidosa e como tenho feito ginástica, acabo desencanando de fazer escova.
– Drenagem ou massagem
Comecei a fazer na semana depois do parto, pois inchei horrores no pós parto. Tudo que não inchei a gravidez inteira, na semana seguinte que tive a minha filha, parecia um baiacú de tão inflada. Doía meus pés até. 7 dias depois já tinha passado, mas faço drenagem até hoje.
Toda segunda a fisioterapeuta vem na minha casa e é o meu momento de relaxar! 1 hora toda minha, de massagem!
Eu rezo para chegar segunda feira, juro! Amamentar, carregar bebê no colo, o choro… tudo isso acumula uma tensão enorme nos ombros. Segunda é dia de dar tchau! hahha
Além disso, na gravidez brotou celulite em mim e a drenagem ajuda também a melhorar.
– Exercícios
1 mês após meu parto, comecei a caminhar 2 ou 3 vezes na semana, durante 1 horinha. Deixava a Sosso com o pai e saia para caminhar, ouvir uma musiquinha e relaxar a cabeça.
2 meses após o parto voltei a pedalar. Eu andava bastante de bicicleta antes de engravidar e estava morrendo de saudades.
Como logo depois disso começou a esfriar bastante, decidi entrar na academia para poder fazer musculação e um aeróbico bemmm leve. Tenho ido umas 3 vezes por semana.
Normalmente vou a noite e
 deixo a baby com o pai, quando ele chega do trabalho durante a semana (qdo tá tudo calmo aqui). No final de semana, tento pedalar durante o dia. Assim ele curte a filha e a gente divide um pouco a função.
– Dormir
Me sinto abençoada, pois minha filha dorme super bem e a noite inteira desde bebê. Nunca imaginei isso! hahahha E muitas vezes dorme mais um pouquinho de manhã, depois da mamada. O que eu faço? Durmo também!
A gente nunca sabe o dia que o bebê vai dar mais ou menos trabalho, então é melhor se garantir e dormir sempre que puder. quebradinho ou direto, sono é importante pra gente ficar bem.
– Alimentação
Amamentar dá uma super fome. Ficar em casa dá fome. Cansaço dá fome.
Tenho comido bastante e confesso que desandei a comer doces em um certo período.
Agora tenho tentado me controlar um pouco. Sou super a favor de se dar ao prazer de comer coisas gostosas, ainda mais nessa fase…MASSS não dá pra chutar o balde de vez, né? Afinal estamos saindo de uma gestação e a maioria tem muitosss quilinhos para perder. Então voltar a ter uma alimentação saudável e equilibrada ajuda bastante. Porque se a gente chuta o balde de vez, não perde os quilos nunca, ganha mais ainda e auto estima vai láaaaaaa pro pé!
– Se arrume
Eu fico uma bagaceira, de pijama o dia todo!
Sei que tem mulheres bem mais vaidosas do que eu…mas eu ficava de calcinha pós parto e sutiã de amamentação (muitas vezes ambos bege – cor que nunca usei na vida) andando pela casa no calor. Agora que tá frio, é pijama mesmo. Tenho vários deusos de renda, de mulher rycaaa de novela das 9… mas prefiro os de malha ou flanela pra tomar regurgitada mesmo! hahah
Agora tô na fase que minha filha puxa meu cabelo, então é rabo ou coque. Ainda aproveito pra passar óleo de coco pra hidratar… hahahah
Imaginem que tchutchuca!!!
Então minha gente, quando eu saio de casa pra fazer alguma coisa mais legalzinha, eu tô me arrumando!
Passo uma make, dou um tapa na peruca e coloco uma roupinha legal (que caiba). É bom a gente se ver bonitinha novamente né?
– Fazer coisas que te dê prazer
Eu amoooo cozinhar e escrever. Isso acho que não é novidade pra ninguém que acompanha o site. Então quando me sobra um tempinho faço essas coisas.
Assisto filmes com meu marido também e adoro. Deixo pra gente ver no final de semana em alguma dormida da Sophia.
Faça coisas que você curta! Ainda mais no começo que ficamos tanto dentro de casa, né?
– Sair pra comer
Tenho a sorte de morar perto de muitos restaurantes ótimos. Então consegui dar umas fugidinhas de casa por 1 ou 2 horas para comer rapidinho com alguma amiga ou almocinho de família. Tem que ter uma mega organização (pra quem amamenta no peito e não tem babá), porque até os 3 meses eu nunca levei minha filha. Agora com 3 levei pela primeira vez, então mais fácil.

Gente, é meio que isso!
Essas pequenas coisas, tem me deixado feliz e tranquila para ser uma – acho que – boa mãe!
1 hora por dia só minha.
E VOCÊ? O QUE TEM FEITO POR VOCÊ?
Não tem funcionária ou marido? Pede pra amiga, mãe, vizinha, tia ou alguém te dar um help e faça algo por você! Vale muito a pena ser feliz!
Descobri que para ser mãe não precisamos nos anular de forma alguma. Afinal somos super mulheres com super poderes, não é mesmo?
Mas que fique claro, que as vezes nada disso funciona. Tem semanas por aqui que são difíceis. Não dá tempo de nada e confesso que até banho já fiquei sem. As semanas de cólica, nem jantar eu consegui. Quantas vezes almocei as 5 da tarde e foi minha primeira refeição.
A vida de ninguém é perfeita e obviamente a minha também não. A gente tenta ser, fazer e realizar o melhor!
Nos dias tranquilos tento por em prática tudo que contei por aqui.

INSTAGRAM @cuca_martins
SNAPCHAT cuca_martins

Assuntos Relacionados

Faça um Comentario no Facebook deste assunto

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *