Por Cuca
3 julho, 2016

Chá da mamãe e como aumentar a produção de leite

chá misto da mamae weleda blog cuca martins
O chá da mamãe ou chá misto da mamãe, para quem não sabe, tem o objetivo de aumentar a produção do leite em lactantes.
Eu sempre tive muitoooooo leite, de pingar, vazar, empedrar e ter que usar os charmosos (só que não) absorventes de seio.
Achei que NUNCA fosse precisar usar qualquer recurso pra aumentar meu leite…
Até que por um deslize, tive que passar por essa experiência e aflição, que muitas mamães passam.
Vou contar o que aconteceu e o que fiz para voltar a aumentar minha produção.

Eu já tinha visto esse Chá da Mamãe, da Weleda e o tal do Mother´s Milk, que pode ser comprado nos Estados Unidos, mas realmente achei que nunca usaria.
Sempre tive uma abundância de leite – graças a Deus – e sempre amamentei minha pequena exclusivamente com leite materno, em livre demanda.
Voltei a fazer exercícios físicos 30 dias após o parto. Estava caminhando durante 1 hora mais ou menos e tudo bem.
Sempre “soube” que no pós-parto, quem amamenta deve maneirar no aeróbico, pois pode afetar a produção do leite.
Bom, 60 dias após o parto, voltei a andar de bicicleta no parque. Eu pedalava cerca de 25 km antes de engravidar e como passei minha gravidez quase toda em repouso e sem nada de exercícios, achei que demoraria muitooooo a voltar a ter fôlego e força para pedalar.
Pois bem, no primeiro dia foram 8 km e confesso que foi bem puxado. Mas no segundo dia, já consegui pedalar 11, depois 14, depois 17 e fui subindo 3 km a cada dia…
Não foi nada programado e nem por uma questão de emagrecer ou coisa do tipo, é porque amo pedalar ao ar livre e fui me empolgando, me surpreendendo com minha retomada “rápida”.
Quando passei dos 20 km, comecei a notar que a minha filha tinha mudado o comportamento. Ela ficou mais irritada naquela semana e começou a mamar com intervalos bem menores. Mas eu não associei uma coisa à outra.
Graças a Deus, fui no pediatra – coincidentemente – na mesma semana que isso aconteceu. Contei a mudança de comportamento e ele logo me perguntou sobre os exercícios e contei que estava pedalando.
Quando relatei meu aumento de aeróbico, ele na hora falou que era isso. Eu estava suando e fazendo muito aeróbico e isso estava fazendo meu leite diminuir…consequentemente, ela estava com mais fome, pois o peito enchia menos.
Fiquei mal!!! Nunca passou pela minha cabeça isso. Até estava sentindo meu peito mais murcho, sabe? Mas mãe de primeira viagem, erra sem saber. Nunca iria me perdoar se meu leite secasse, pois pedalei. Não foi vaidade, foi por alegria! Alegria de depois de tantos meses deitada em uma cama, presa dentro de um quarto, poder voltar a fazer uma coisa que amava. Foi esse meu erro, foi esse meu pecado.
Não adiantava chorar pelo leite derramado, ou melhor, pelo leite diminuído.
Na volta do pediatra já comprei o Chá misto da Mamãe e na mesma noite tomei.
Tomei por um bom tempo de manhã e a noite.
Funciona?
Eu achei que funciona sim! Sempre que tomo o chá, sinto meu peito encher mais. 
Super aprovei!
Vou aproveitar e dar outras dicas do que fiz, para aumentar a minha produção de leite e voltar a ter minha produção normal.
– Exercício
Fiquei 2 semanas sem fazer exercícios e depois voltei a fazer exercícios moderados.
Comecei pedalando 8 km e até hoje pedalo no máximo 11 km.
Depois entrei na academia e comecei a fazer musculação.
Tomo 500 ml de água antes, 500 ml durante e mais 500 ml depois do exercício. No mínimo.
– Chá da mamãe
Tomava todos os dias de manhã e a noite.
– Dormir 
Quanto mais a gente dorme e descansa, mais leite. Então nessa fase, parei de enrolar e dormia sempre que minha filha dormia.
– Alimentos
Investi nos alimentos e bebidas que me falavam que aumentava o leite: suco de uva integral, suco de melancia, sagu, canjica, fubá e por ai vai.
Sempre me alimentei super bem, saudável e nunca fiz dieta para emagrecer.
– Água
Água, água, água e mais água. Quem amamenta tem que tomar mais do que 3 litros por dia. Eu sempre tomei muitaaa água, até mesmo antes de engravidar ou amamentar. Amamentando também tomava muito. Mas na fase que diminuiu, bebia uns 5 litros de água por dia. Achei que ia morrer inundada. hahah

Minha produção voltou ao normal rapidinho e não tive mais problemas.
Foi um susto, mas passou!
Eu sei que tem muita mamãe que não dá tempo de remediar ou não consegue ter leite.
Torço muito para que todas consigam e que esse post possa ajudar de alguma forma.

-Chá Misto da Mamãe
Onde comprar?
Acha super fácil em qualquer farmácia (pelo menos aqui em São Paulo) ou pela internet.
– Quanto custa?
O valor é salgadinho. Custa entre 16 e 18 reais a caixinha com 15 sachês.
Daria um pouco mais de 1 real por sachê. Mas fazendo a conta sai “barato”, pois é bem melhor que ter que comprar uma lata de fórmula artificial, não?
– Indicação
Dizem para tomar 3 vezes por dia, mas eu tomava de manhã e a noite.
– É gostoso?
São várias ervas misturadas e acho uma delícia o sabor. Além de ter propriedades calmantes para a mamãe e o baby.

Aqui nesse post, conto como foi minha experiência – sofrida – no início da amamentação.
Minha filha já passou dos 4 meses e sigo amamentando exclusivo e em livre demanda. Em breve faço um novo post contando como tem sido!
Receitas que usei:
– Fiz muito bolo de fubá. Se você escrever FUBÁ na busca, vai encontrar várias receitas. Essa sem glúten e sem lactose, é a minha preferida.
– Sagu de suco de uva integral

Para me seguir no Instagram : @cuca_martins

Assuntos Relacionados

Faça um Comentario no Facebook deste assunto

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *